sexta-feira, 24 de abril de 2020

Movimento FASHION REVOLUTION


Hoje completam 07 anos do desabamento do edifício Rana Plaza em Bangladesh, onde as vítimas trabalhavam para marcas globais, em condições precárias.

Desde então o movimento Fashion Revolution foi criado com o propósito de celebrar as pessoas por trás das roupas, conscientizar e questionar de onde vem e de que forma o que vestimos é feito.

Já parou pra pensar sobre este assunto? Te convido a assistir o filme "The True Cost" disponível na Netflix. Um filme que mostra o verdadeiro preço por trás das peças de roupa, que nos leva a refletir sobre nossos hábitos e escolhas, dentro e fora do mundo da moda.

Para entender um pouco mais sobre o movimento, texto retirado do site oficial do Fashion Revolution

A moda é uma força a ser considerada. Ela inspira, provoca, conduz e cativa. O Fashion Revolution acredita no poder de transformação positiva da moda, e tem como principais objetivos  conscientizar sobre os impactos socioambientais do setor, celebrar as pessoas por trás das roupas, incentivar a transparência e fomentar a sustentabilidade.
O movimento foi criado após um conselho global de profissionais da moda se sensibilizar com o desabamento do edifício Rana Plaza em Bangladesh, que causou a morte de 1.134 trabalhadores da indústria de confecção e deixou mais de 2.500 feridos. A tragédia aconteceu no dia 24 de abril de 2013, e as vítimas  trabalhavam para marcas globais, em condições análogas à escravidão.
A campanha #QuemFezMinhasRoupas surgiu para aumentar a conscientização sobre o verdadeiro custo da moda e seu impacto no mundo, em todas as fases do processo de produção e consumo. Realizado inicialmente no dia 24 de abril, o Fashion Revolution Day ganhou força e hoje tornou-se a Semana Fashion Revolution, que conta com atividades promovidas por núcleos voluntários, em mais de 100 países.
Você já se perguntou: Quem faz suas roupas?

Comente:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

@agathalimas

Follow Me