06 PERGUNTAS PARA CONSUMIR DE MANEIRA CONSCIENTE


Consumir de uma maneira mais consciente não é nada difícil. Exige um pouquinho de reflexão e autoconhecimento, o que é maravilhoso para todas as áreas da nossa vida, né?

No post de hoje, espero ajudar quem está revendo sua relação com o consumo. Com algumas perguntinhas chave conseguimos mudar a forma que lidamos com as novas compras.

1 - Eu realmente preciso disso?
Pensar antes de comprar algo novo vai fazer com que você tenha uma escolha inteligente.
E essa pra mim é a pergunta chave. A partir dela começam os questionamentos. Seja verdadeiro com você mesmo, antes de comprar questione se já não tem algo similar, se é uma necessidade de substituição de um produto por exemplo, ou somente um desejo por algo novo. Entenda suas escolhas. Pare e pense antes de comprar qualquer nova peça que seja.

2 - Eu vou usar esta peça por muitas vezes?
Uma roupa legal é aquela que além de ter tudo a ver com a gente, é fácil de combinar. Isso não quer dizer que ela precisa ser preta, branca ou de cor básica, sem graça. Nada disso. Pelo contrário, ela tem que ter a ver com o seu estilo e aí então antes de levar para casa você se questiona com quais outras peças ela vai combinar. Assim, além de estimular sua própria criatividade, você se conhece melhor e usa esta peça queridinha por diversas vezes.

3 - Será que já não tenho algo muito similar em meu armário?
Conhece aquela sensação de armário cheio, mas nada para vestir? Isso acontece muito quando compramos "mais do mesmo". De nada adianta várias camisas e jeans diferentes, se você usar só camisa e jeans, vai continuar parecendo estar vestida sempre igual. E a sensação de precisar de algo novo vai continuar "te perseguindo".

4 - Comprar novo ou reformar / customizar?
Existem peças que temos apego sentimental, outras que amamos e usamos tanto que enjoamos, mas ainda estão em ótimo estado. Conhece uma boa costureira, ou tem alguns dotes criativos? Que tal colocar em prática e customizar algumas roupas? Essa pode ser uma solução para ter novas peças no armário sem gastar muito e o melhor, sem precisar comprar novas peças.

Hoje em dia muitos aplicativos (alô pinterestsites e blogs nos ajudam quando falta inspiração. Pesquise, experimente. Tem coisa mais gratificante do que usar algo (re)feito por você mesmo?

5 - Essa peça requer cuidados especiais e se encaixa ao meu estilo de vida atual?
Como está sua vida atualmente? É preciso também questionar seu estilo de vida antes de comprar algo novo. Se você não tem tempo ou costume de passar suas roupas, evite investir em tecidos muito finos que amassem demais. Se você lava todas as suas peças na máquina de lavar, de nada adianta ter roupas cheias de detalhes ou que precisam de uma lavagem muito delicada.

Saber mais sobre a sua rotina e ser franco com você mesmo é imprescindível para um guarda roupa funcional.

6 - Essa peça tem qualidade? 
Essa pergunta é decisiva para sua escolha de compra. Prove sempre que puder, toque na peça, saiba a composição do tecido, como ela é feita. Veja o seu avesso, toda a costura. Prezar por qualidade permite que você tenha uma peça por muitos anos e mesmo quando enjoar de usar, poderá reformar ou ainda passar adiante com a garantia de que ela continuará inteirinha.


Conseguem perceber que a chave para consumir de forma consciente é o autoconhecimento? Precisamos saber como está a nossa vida, precisamos entender melhor quem somos, o que queremos. A roupa precisa te fazer sentir bem e não ser mais um problema.

Lembre-se de parar e pensar antes de comprar qualquer peça, sempre. Questione-se mesmo. Entenda seu estilo, suas reais necessidades. Crie a sua moda, tenha como aliada e o vestir para o dia a dia pode ser divertido. Você se veste para você mesmo. Quando passamos a entender isso, vivemos mais livres e mais leves. Seja sempre a melhor versão que você puder ser de você mesmo.

Se você amar uma peça, ela vestir bem, tiver qualidade, você se sentir confortável, ter certeza que vai usar por muitas e muitas vezes, já está fazendo uma compra consciente.

0 comentários